Esquema completo do Programa de Educação Patrimonial

Corresponde a um conjunto articulado de ações desenvolvido pelo Instituto Habilis no intuito tanto de:

  1. cobrir as demandas específicas de projetos  e programas sociais; 
  2. atender as exigências técnicas impostas por órgãos como o IPHAN, no que diz respeito as etapas do Licenciamento Patrimonial e Arqueológico. 

A elaboração propriamente dita do Programa de Educação Patrimonial depende da apreensão concreta das características, demandas e vicissitudes de cada realidade social. Segue daí que cada proposta programática certamente terá sua especificidade. O esquema completo parte dos seguinte pontos:

 

Público alvo
O foco do programa de Educação Patrimonial está voltado para os moradores e comunidades que vivem em torno das áreas onde os empreendimento serão instalados, assim como trabalhadores das empresas responsáveis pelo empreendimento; gestores públicos, incluindo Secretarias de Educação e Cultura, além da comunidade escolar como alunos, professores e gestores de escolas da região.

 

Objetivos
- Proporcionar experiências com os diversos tipos de Patrimônios (naturais, culturais e históricos);
- Identificar os Patrimônios existentes na região estabelecendo relação com a História local;
- Valorizar o patrimônio cultural, histórico e social da sua comunidade;
- Associar os bens arqueológicos como parte dos Patrimônios existentes na comunidade;
- Estabelecer estratégias de preservação do Patrimônio.

 

 

Justificativa
Deve-se considerar como fundamental (re)conhecer e valorizar o patrimônio cultural, histórico e social das comunidades através das possibilidades de conexão com bens arqueológicos para; construir uma compreensão do passado, definir uma estratégia para enfrentar o presente, e quem sabe avaliar os principais aspectos para planejar o futuro. Pode-se dizer que decorre daí as dinâmicas de construção da identidade seja no âmbito local, regional ou nacional. Assim cabe articular as atividades programáticas a fim de lançar algumas sementes para a preservação da herança cultural em suas múltiplas dimensões de significado. Preservar, no sentido aqui defendido, expressa um conjunto de atitudes e ações desenvolvidas por todos os envolvidos (poder público, comunidade, escola, empresas, etc) com o objetivo de cuidar, recuperar e conservar o patrimônio histórico e cultural de um município, estado ou país. A preservação tende a garantir acesso ao patrimônio, bem como ao acervo de conhecimentos e experiências vinculado ao universo envolvido. Sendo assim, as ações de preservação deverão contribuir para o fortalecimento da cidadania e identidade.

 

Metodologia
- Avaliação diagnóstica, verificando os conhecimentos prévios dos participantes no que diz respeito ao Patrimônio, Cultura e Arqueologia. Esta ação é adaptada a cada realidade concreta;
- Realizar uma apresentação dialogada sobre os temas acima, partindo do conhecimento que os participantes possuem e ampliando esses conceitos. Para isso será utilizado slides com textos e imagens;
- Trabalhar com a partir da Metodologia de Painel Integrado em que os participantes são divididos em Grupos de estudo. Cada grupo estudará um tema especifico ligado aos Bens Patrimoniais e terá que fazer uma breve apresentação do que estudou para os demais grupos. Essas apresentações possuem ligações entre si, sendo que uma equipe complementa a informação da outra. Os materiais de leitura serão fornecidos pela equipe de Educação Patrimonial;
- Visitas a Patrimônios Locais e as pesquisas em andamento;
- Levantamento das lendas e Histórias populares da região;
- Pesquisas sobre brincadeiras, cantigas, jogos antigos e atuais da região, além de informações sobre formas de vida (acessórios, eletrodomésticos, organização domiciliar, etc);
- Discussão e exposição das informações e materiais encontrados nas visitas e pesquisas;
- Exibição de audiovisuais acerca dos patrimônios arqueológicos locais e/ou de outras regiões;
- Divulgações de alguns resultados já disponíveis sobre a pesquisa em curso na região do Empreendimento;
- Exposição das diversas formas de destruição do Patrimônio, exibindo exemplos e discutindo formas de preservação;
- Elaboração coletiva de documento com lista de Patrimônios da região e alternativas de preservação.

 

Cada participante entregará um resultado final de seu aprendizado. Esse resultado poderá ser um texto, poema, apresentação oral, desenho, entre outras formas de expressão do conhecimento adquirido. Esse material deverá refletir o que mudou em seus pensamentos, conhecimentos e atitudes para com o patrimônio e a comunidade em que vive. Aqui estão listadas as atividades pensadas para a elaboração do Projeto. Essas atividades serão detalhadas posteriormente e adaptadas a cada turma que participará da execução.

 

Equipe multidisciplinar
A equipe será composta por profissionais de diferentes áreas, como Pedagogo, Arqueólogo, Museólogo, Historiador, a partir das características concretas de cada conteúdo programático.

Cronograma
A execução do programa seguirá um plano de realização caso a caso, definido segundo as características do projeto em questão.

Mecanismos de avaliação:
A avaliação será processual em todas as etapas dos projetos, segundo os resultados alcançados em cada momento. Será uttilizado como ponto de partida a avaliação diagnóstica, feita no início dos trabalhos com o público alvo. Ao longo das atividades serão avaliados os debates e apresentações, assim como as confecções de textos e/ou materiais. Como instrumento avaliativo final será utilizado a elaboração do documento coletivo, assim como a entrega do resultado final (última atividade proposta): para isso serão analisados todas as atividades e instrumentos avaliativos utilizados no decorrer do projeto, verificando, em cada caso, se os objetivos propostos foram alcançados.

Com Licença. Pode Entrar...

Trata-se de um amplo programa desenvolvido pelo Instituto Habilis cujo foco está direcionado para o desenvolvido, valorização e disseminação de ações em prol da preservação, gestão e manutenção dos patrimônios ambientais, históricos e culturais das comunidades inseridas nas áreas de empreendimentos com potencial de impacto ambiental. Confira a lista abaixo:

1. Juntos pelo Resgate da História na área da Mina Suçuarana | Jaguarari, Bahia.